A caça ao aspargo selvagem

Em um post anterior havia comentado sobre a importância da agricultura. Aqui no Sud terra boa é terra cultivada. Mas nao é só em horta feita que se encontra comida, se tiveres olhos atentos poderá encontrar todo tipo de alimento espalhado pela cidade.

As ruas do centro são enfeitadas de laranjeiras, e todas sempre carregadas. Porém dizem as más línguas que são laranjas amargas, acho que é lenda pra manter os gulosos longe, vai saber.

Lemontree-e1341430527366

Tem um jardim de limão, 3 hectares só da fruta simbolo de Sorrento. Ali eu vou mais é pra sentir o cheiro, se pudesse colocava aquele aroma em um saquinho e levava pra casa. Ah tem também erva-doce, rúcula, alecrim assim tudo livre, é só usar com moderação.

img_2023

Acordamos já pensando no que cozinhar no almoço, todos menos eu, porque de manha nao é hora de pensar, muito menos planejar receitas.

As 4 galinhas rechonchudas diariamente nos presenteiam com 3 ovos, mas uma vez no mês aparece um ovo gigante de 2 gemas. Dia de ovo duplo é dia de muito alvoroço no poleiro.

E hoje foi um desses dias.

IMG_20150423_142818

Enquanto os italianos discutiam receitas eu muito da prática havia me decidido por um omelete de ovo duplo.Mas fui induzida por terceiros em complementar meu prato.

Achei desnecessário complicar o descomplicado, mas quando me  contaram dos aspargos  selvagens minha imaginação infantil imediatamente criou um filme na minha cachola.

Fui em busca de uma cesta de palha, é lógico.

IMG_1257

Cesta e tesoura na mão, os aspargos nasciam entre as pedras das montanhas aqui pertinho, logo depois daquela curva, mas antes tinhamos que passar por um bosque, pensa que estou fantasiando para ficar igual a estória da chapéuzinho?

IMG_1237

Muitas andanças e poucos aspargos, vai ver estão se extinguindo vai ver já foram colhidos, vai ver nao olhei direito porque estava muito entretida com a paisagem,mas no final encontramos alguns aqui e acolá.

IMG_1252

Tinha mar,ilhas de um morador só de tao pequenas, florzinhas de todas as cores e canos que pareciam parir mato.

IMG_1263 IMG_1264

Voltando aos aspargos , sao  menores que aqueles comprados no mercado, o sabor também é sutilmente diferente, o selvagem é mais amargo. No final da “caça”dava pra contar nos dedos quantos aspargos havíamos encontrados. Nao era muito, mas era o suficiente para enfeitar meu almoço.

IMG_1260

Bateu a fome, e o sentimento era de dever cumprido, igual ao daqueles índios que voltam da caça garantindo o almoço para a aldeia.Tá legal que nao alimentei uma tribo, nem ao menos usei arco e flecha. Mas pra mim o importante é avoar com a imaginação.

IMG_1262

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.